Bi2 Partners

Ouça o que o mercado tem a dizer

mercado

Um dos técnicos mais vitoriosos do futebol brasileiro no século XXI, que entende de outro mercado, costuma confidenciar que escolhe os jogadores titulares da sua equipe a partir do que o gramado lhe diz. “O campo fala” virou quase um bordão desse treinador, que chegou até a seleção. Em sua visão, não é ele quem define os onze atletas que começam os jogos e sim o desempenho de cada um dos comandados nos treinamentos e nas partidas. Ou seja, cabe ao comandante escutar os sinais emitidos pelo campo de jogo e tomar as melhores decisões. A partir desse princípio filosófico-sinestésico, é mais fácil, justo e certeiro definir o time titular. Assim, a equipe estará pronta para encarar os mais temíveis adversários e ganhar os principais campeonatos da temporada.

Trazendo esse ensinamento para o mundo dos negócios, um valor empresarial que executivos, gestores e empreendedores devem ter é escutar diariamente o que o mercado tem a dizer. Recorrendo à intertextualidade futebolística, afirmo com segurança: o mercado fala! E fala muito! Às vezes, ele grita para todos ouvirem. Em outras oportunidades, as informações transmitidas vêm bem sutilmente, sendo captadas apenas pelos ouvidos mais apurados. Independentemente da forma com que a fala chega, o caminho para o sucesso das empresas passa quase sempre pelo entendimento das pistas deixadas por clientes, fornecedores, distribuidores, sócios, funcionários, colegas, concorrentes, governo, mídia, pesquisas etc. É impossível prosperar em setores competitivos e em constante mudança sem ouvir o que os mais diferentes agentes do mercado estão se expressando.

O problema é que, em meio à rotina de trabalho atribulada e desgastante, a maioria dos profissionais fica mergulhada em tarefas burocráticas e em atividades pouco relacionadas a escutar o que o mercado diz. Muitos não têm tempo ou interesse de captar as informações que voam aos quatro ventos. Aí quando alguém encontra uma brecha na agenda e consegue captar uma tendência ou uma novidade é normalmente visto como um profissional criativo, genial ou inteligente. Sendo que, na verdade, o que fez foi um tanto óbvio para quem conhece a dinâmica empresarial. Como diria a antiga música de Roberto Carlos: todos estão surdos!

Se você é empresário, líder de equipe, administrador de empresa, gestor de negócio ou pequeno empreendedor, por favor, aprenda a ler os sinais passados pelo mercado. E, uma vez aprendida essa prática, ensine/incentive sua equipe a repeti-la rotineiramente. É a utilização adequada dessas informações que vai catapultar sua organização para o sucesso. Juro que não consigo ver uma companhia rentável, em crescimento e com alta credibilidade sem uma audição apurada e sem profissionais altamente interessados no que os agentes do mercado têm a dizer.

Por essas e outras, uma empresa de visão é aquela que sabe ouvir muito bem o que se fala por aí. Coloque esse conceito em prática o quanto antes. Sei que muitas companhias têm em seus valores empresariais a atenção aos clientes. Contudo, a busca pela compreensão das necessidades e dos desejos do mercado deve ser uma preocupação de todos na empresa e uma ação em tempo integral de toda a equipe.


Denise Debiasi é CEO da Bi2 Partners, reconhecida pela expertise e reputação de seus profissionais nas áreas de investigações globais e inteligência estratégica, governança e finanças corporativas, conformidade com leis nacionais e internacionais de combate à corrupção, antissuborno e antilavagem de dinheiro, arbitragem e suporte a litígios, entre outros serviços de primeira importância em mercados emergentes.

Posts Recentes

Quer receber mais insights?

Queremos ajudar sua empresa a transformar os desafios em oportunidades.

Queremos ajudar sua empresa a transformar os desafios em oportunidades.